Seo (otimização para motores de buscas) Para Menores Em

22 Apr 2019 14:10
Tags

Back to list of posts

<h1>“Hashtag &eacute; A Fogueira Da Era Digital”, Diz Executivo Do Twitter</h1>

<p>Iniciativas contra o machismo se ampliam na internet, favorecendo o com&eacute;rcio, o consumo e o empreendedorismo, livres de preconceito. As redes sociais s&atilde;o 'meios de empoderar as pessoas para que possam elaborar comunidades e aproximar o universo'. Essa explica&ccedil;&atilde;o feita pelo criador do Facebook, Mark Zuckerberg, &eacute; a inspira&ccedil;&atilde;o pra grupos exclusivamente femininos que ganham pot&ecirc;ncia e ir&atilde;o al&eacute;m do com&eacute;rcio on-line, do consumo e do empreendedorismo.</p>

<p>Eles s&atilde;o sin&ocirc;nimo de resist&ecirc;ncia, e comprovam que as mulheres, unidas, podem vencer o preconceito de g&ecirc;nero e o machismo. Com este racioc&iacute;nio, a universit&aacute;ria Wendy Borges, de dezoito anos, criou o grupo 'De G&oacute;tica para G&oacute;tica', voltado a “vendas, compras, trocas e doa&ccedil;&atilde;o” dentro de uma m&iacute;dia social. O acesso &eacute; reservado somente a mulheres da Baixada Santista, no litoral de S&atilde;o Paulo, mediante aprova&ccedil;&atilde;o das moderadoras. O Especialistas Em Mercado Digital Sinalizam Erros Para N&atilde;o Repetir , fabricado em 2016, conta com mais de 14 1 mil integrantes espalhadas pelas cidades da localidade.</p>

<p>Wendy, que &eacute; estudante de licenciatura em m&uacute;sica, diz que a inspira&ccedil;&atilde;o pra desenvolver o 'De G&oacute;tica para G&oacute;tica' foi a grande quantidade de grupos de com&eacute;rcio livre no Facebook, sem que houvesse um espa&ccedil;o exclusivo pra mulheres. “Elas sentem-se mais seguras dentro de um espa&ccedil;o reservado s&oacute; para elas”. O grupo n&atilde;o se restringe ao com&eacute;rcio O Marketing Usual Est&aacute; Falecido! .</p>

<p>Ele tamb&eacute;m inclui o suporte oferecido pelas participantes. “Quando uma das crian&ccedil;as denuncia uma circunst&acirc;ncia de ass&eacute;dio, boa por&ccedil;&atilde;o da comunidade oferece ajuda”, alega Wendy Borges. Conhe&ccedil;a Os Cargos Que Estar&atilde;o Em Alta Este Ano O Dia do sucesso do grupo, que conta com uma m&eacute;dia de mais de 1 mil publica&ccedil;&otilde;es por dia, entre oferta e busca de produtos, e pedidos de aux&iacute;lio, a estudante explica que n&atilde;o pensa em expandir o conceito para algumas regi&otilde;es.</p>

<p>“O alcance do grupo foi bem al&eacute;m das minhas expectativas. Acredito que esteja bom”, avalia. Pra estudante e criadora de jogos em rede Sofia Sakalauskas Pretel Defino, de 20 anos, &eacute; mais f&aacute;cil interagir em grupos exclusivos por conta da sensa&ccedil;&atilde;o de seguran&ccedil;a. “Acho bem mais agrad&aacute;vel fazer trocas em um grupo s&oacute; com mulheres.</p>

<ol>

<li>17/08/2016 &agrave;s 08:Cinquenta e seis</li>

<li>nove dicas para ti desenvolver-se a tua loja com o marketing de varejo</li>

<li>2&ordf; Dica - Montando O Canal No Youtube</li>

<li>Central telef&ocirc;nica</li>

social-media-pro-v2-free-powerpoint-template-slide-01.jpg

<li>sete - Marketing em tempo real por geolocaliza&ccedil;&atilde;o</li>

</ol>

<p>Estou em comunidades virtuais mistas, contudo dificilmente fa&ccedil;o alguma coisa nelas, pelo motivo de oferece aquele pavor de localizar pessoas. Voc&ecirc; n&atilde;o domina muito bem quem anuncia”, relata. O Empreendedoras 013 surgiu de um grupo no WhatsApp e, hoje, no Facebook, re&uacute;ne cerca de 250 mulheres. A consultora de marketing digital Priscila Pereira, trinta e nove anos, administra a p&aacute;gina, e conta que criou o grupo para divulgar o empreendedorismo feminino pela Baixada Santista.</p>

<p>“Quando voc&ecirc; encontra mulheres que est&atilde;o pela mesma circunst&acirc;ncia, que bem como est&atilde;o empreendendo, t&ecirc;m dificuldades e n&atilde;o sabem qual caminho acompanhar, uma assist&ecirc;ncia a outra. Muitas empreendedoras que entraram j&aacute; estavam desistindo, e no momento em que entraram, foi como se ganhassem um presente”. Priscila tamb&eacute;m considera relevante os la&ccedil;os de amizade que as membros criam entre si.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License